Te chamarei de... Verdade!







Me enganei
Quando confiei em você
Quando acreditei em você
Mas fazer o que se você me conforta
A pureza em suas palavras
Me iludem


Por que não diz quem é?
Por que vai contra tua natureza?
Não te entendo.
Ao teu lado, sou real
Com você, sou verdadeiro
Sou simples e transparente.


Apareça diante de mim
E me motive novamente
Fale de uma vez
Que as suas palavras as vezes machucam
Então te darei um nome
Te chamarei de... Verdade!


Alex Soares