A história da casa dos cem


Casa sem calçada, comum. Sem telhado, sem banheiro, casa número cem.
É um lar, é uma história. Perto dos 100, o senhor reside sozinho sem companhia. 
Sem comida, a vizinha sem outro meio o alimenta, ele sem opção aceita. 
Sem saneamento básico sobrevive. As necessidades? 
Imita os seus cinco gatos, sem jeito enterra o assunto. Sem palavras.
Quinze notas de cem para mudar a realidade. 
Dessa vez, sem chance.

Por Alex Santos

Luar






Louvável és tua beleza
Ímpeto o teu amor
Navego pelas ondas de teu corpo
Deusa de minhas inspirações
Na paixão em teus olhos, me perco.



Alex Santos